POR QUE PARTICIPAR DO WEB SUMMIT?

Vivenciamos mais uma edição do Web Summit. Os números deste ano são impressionantes, e só por isso já poderíamos imaginar quantas pessoas ao redor do globo se deslocaram para Portugal na primeira semana de novembro de 2019.

Lisboa recebeu cerca de 70.000 pessoas, 1.500 investidores, mais de 2.000 startups e representantes das maiores companhias do globo, além de aproximadamente 1.200 palestrantes e 2.500 jornalistas. Todos os segmentos da economia tiveram seu lugar ao sol nesta que é com certeza a melhor demonstração da capacidade de Portugal em ser um concentrador do empreendedorismo de impacto.

MINHA VISÃO DO WEB SUMMIT

Estou na Atlantic Hub, empresa que ajudei a fundar em Portugal, participando do meu terceiro Web Summit. Ano após ano, vejo a capacidade humana de transformação ser demostrada à exaustão neste evento.

Tenho dito com frequência que vejo em eventos como esse a possibilidade real de transformarmos o mundo. Não se trata aqui de visitar um evento em que apenas startups ou empresas tradicionais estão apresentando suas inovações ou novos modelos de negócios apenas.

O que temos no Web Summit é uma boa mostra de tudo que está sendo desenvolvido em termos de novas tecnologias e implementado como soluções reais, seja em startups ou em modelos de negócios mais tradicionais ao redor do mundo.

Representado por todos os continentes e com empreendedores de quase todos os países do mundo, temos no Web Summit a verdadeira oportunidade de conhecer seres humanos, que uma vez inconformados com os problemas do mundo estão criando negócios que fazem a diferença no planeta.

Leia também: MISSÕES, NETWORKING E OPORTUNIDADES

Nos, dá Atlantic Hub, temos sido protagonistas em conjunto com a Federação das Câmaras Portuguesas e a No Gap Ventures da criação da maior missão particular de um país ao Web Summit. Há três anos, éramos 30 na primeira missão. Ano passado, mais de 180 e neste ano, ultrapassamos os 200.

O QUE ACONTECEU ESTE ANO NO EVENTO?

Neste ano, em especial, chamamos tanto a atenção de Portugal que fomos recebidos pelo Presidente de Portugal. Como protagonista desta jornada de inovação, sinto sinceramente que nós, brasileiros, saímos da posição de apenas reclamar.

E passamos a tentar compreender o que é possível alterar em nossa realidade, buscando inovação com quem realmente está construindo negócios de impacto. E ainda colocando em prática soluções inovadoras.

Nossa missão hoje congrega grandes corporações, agentes de fomento do governo e de entidades, empresários, empreendedores, mas acima de tudo pessoas do bem, dispostas através do networking a trocar experiências e aprender com empreendedores do mundo todo como fazer a diferença em suas empresas, sociedade e na vida.

Participar da missão Web Summit conosco é como sempre falo. Você tem a oportunidade de fazer um MBA intenso em apenas uma semana. Poucas oportunidades em nossa jornada proporcionam tal aprendizado concentrado e intenso.

Em breve, teremos mais textos da semana que vivemos em Portugal.

Continue conosco, assim você viverá por aqui um pouco do que vivemos lá em terras lusitanas.

Sobre o autor,

Benício Filho.

Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela UNIFESP em Neurologia Oftalmológica na área de Empreendedorismo e pós graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador da Palestras & Conteúdo, Sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal), atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio), além de participar de programas de aceleração como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros. Palestrando desde 2016 sobre temas como Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência, já esteve presente em mais de 300 eventos (número atualizado em dezembro de 2019). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul) bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas”.

Construir conhecimento só é possível quando colocamos o aprendizado em prática. O mundo está cansado de teorias que não melhoram a vida das pessoas. Meus artigos são fruto do que vivo, prático e construo.

Share This