UM ANO DE ATLANTIC STATION: NASCE UMA NOVA COMUNIDADE EM PORTUGAL

Há um ano, finalizamos uma reforma que marcaria o início de uma nova fase da Atlantic Hub. No endereço Edifício Parque Oceano, Av. Marginal 2, 4º A, em Oeiras, Portugal, dávamos o primeiro passo na operação do Atlantic Station Portugal.

As salas privadas e a área aberta de trabalho, há alguns meses, eram reservadas por empresas do Brasil e do mundo em busca de seu espaço naquele que pode ser considerado o hub de inovação e trabalho mais bem localizado de Oeiras.

Embora nem todos os espaços tenham sido completamente alugados logo na inauguração, a busca pela participação neste ecossistema ganhava força mês a mês, pois, afinal, ter um local ao lado do comboio, em frente ao mar e com áreas de serviço ao redor é realmente um excelente privilégio.

Mas não se resume a esses ativos o que mais tem atraído empresas para se instalarem no Atlantic Station. Neste primeiro ano de aniversário, o que mais gera autoridade e valor a quem está conectado à Atlantic Hub, através do seu hub de inovação, é sem dúvida o networking.

O adensamento de mentes, como costumo chamar, gera valor, cria novas conexões e oportunidades. Suas mais de trinta empresas instaladas, com outras dezenas no modelo virtual, aliadas à presença de empresas do mundo todo através do Startup Visa, constroem novas pontes e negócios.

UMA NOVA COMUNIDADE DE NEGÓCIOS EM PORTUGAL

Uma comunidade pode ser definida como um grupo de pessoas que compartilham interesses comuns, valores, cultura ou localização geográfica.

Ela pode ser definida por vários critérios, como afinidades culturais, sociais, econômicas ou até mesmo virtuais. Comunidades podem variar em tamanho, desde pequenos grupos locais até grandes redes globais.

O elemento fundamental é o sentido de pertencimento e interconexão entre os membros, que muitas vezes trabalham juntos para alcançar objetivos compartilhados, oferecer apoio mútuo e promover o bem-estar coletivo.

Nasce, portanto, na definição de comunidade, o que estamos criando no Atlantic Station. Neste um ano de trabalho, geramos adensamento de residentes, eventos semanais com dezenas de players do mercado e a instalação de muitas das empresas que desenvolvemos algum nível de consultoria.

Seja pelos estudos de mercado que permitiram a essas empresas se instalarem em Portugal, tendo percebido a viabilidade de suas operações, ou por clientes que percorreram programas da Atlantic Hub, como o Scale Out ou Acesso ao Mercado.

Desenvolvidos sob medida, esses programas criam a consistência que uma internacionalização precisa e merece. Nosso escopo de consultoria transforma a visão das empresas e conta com nossa estrutura em Portugal para apoiar a fase de acesso ao mercado e instalação da operação.

O Atlantic Station é este local onde cada vez mais empresas do Brasil e do mundo percebem o valor para apoiar suas operações.

Com nosso ecossistema de residentes e parceiros, novas oportunidades surgem e solidificam as estratégias desenhadas.

Nosso hub não é mais um espaço de trabalho. O Atlantic Station pode ser definido como sua base em Portugal para o restante da Europa e demais continentes.

UM ANO DE ATLANTIC STATION: TEMOS MUITO A COMEMORAR

A construção de uma comunidade não é algo simples. Imagine então estar do outro lado do oceano, em outro continente. Isso só foi possível porque, como sócios desta empreitada, dividimos nossas ações. Atualmente, um dos sócios mora em Portugal e pode estar à frente das operações do Atlantic Station.

Esse, por sinal, é outro ativo do nosso hub. Temos a presença de um dos executivos da Atlantic Hub diariamente, assim como nossa operação de acesso ao mercado de Portugal, nossa área financeira, bem como uma das empresas do grupo Conexão Europa Imóveis.

Nossa comunidade também conta com diversos parceiros de negócios que reduzem o tempo dos residentes e clientes em suas estratégias de internacionalização, tais como jurídico, contábil, marketing, dentre outros.

Outro ativo a comemorar é nossa rede de mentores. Desde o início das operações da Atlantic Hub, criamos uma rede sólida de mentores que alternam sua presença no Atlantic Station, seja em nossos eventos e palestras ou mesmo nas estratégias de acesso ao mercado.

Esta é outra marca do Atlantic Station. Ele é a área avançada da Atlantic Hub para a conexão das empresas que atendemos quando o assunto é acesso ao mercado. Abertura de reuniões e entendimento da necessidade das empresas de Portugal e sua conexão com nosso ecossistema.

Esta rede de mentores é sem dúvida um mérito do ecossistema do Atlantic Station. Outro ativo a ser comemorado é nossa incubadora que, instalada no Atlantic Station, faz parte da Rede Nacional de Incubadoras e, desta maneira, participa ativamente com diversos programas, destacando-se o Startup Visa.

Nascido da demanda de receber, com um visto de residência, empreendedores do mundo todo, o programa Startup Visa hoje abriga uma empresa da Rússia, uma do Brasil e uma da Romênia.

Temos muito a comemorar. Destaquei os principais pontos, porém, convido você que está em Portugal a nos visitar para, presencialmente, conhecer nosso espaço e nossa comunidade. Se internacionalizar é um tema importante para você, continue lendo este artigo.

JÁ PENSOU EM INTERNACIONALIZAR SUA EMPRESA?

A Atlantic Hub, partindo das necessidades dos seus clientes, criou processos e jornadas que podem contribuir de forma essencial para ajudá-lo a criar o seu mercado em Portugal. Eu convido você a conhecer melhor como podemos ajudá-lo.

Até este momento, comemorando nosso primeiro aniversário do Atlantic Station, você pode perceber que temos muito mais do que um local de trabalho em Oeiras, Portugal. Saiba também que pode contar conosco desde o primeiro momento da sua internacionalização.

Seu primeiro passo é estudar seu produto ou serviço em Portugal. Para isso, você precisa conhecer o nosso estudo de mercado MarketFit. É importante compreender que, tendo o MarketFit um cenário favorável quanto à oportunidade de negócio em Portugal, você deveria seguir para nosso próximo passo.

O segundo passo é conhecer com mais detalhes nosso programa Scale Out. No artigo “Programa Scale Out”, aprofundo esta jornada e crio os pilares para você iniciar sua internacionalização para a Europa. Conexões com leads reais, desenho da proposta comercial e acompanhamento de campo. Comece hoje mesmo estudando seu mercado conosco para começarmos corretamente esta nova fase da sua empresa e da sua vida.

O passo seguinte é marcar um momento conosco e conversarmos sobre as melhores estratégias para você, sua empresa e sua família.

Tenha certeza de que você está com quem conhece a Europa e construiu bases sólidas em Portugal. Nosso time terá o maior prazer em ajudá-lo neste processo.

Forte abraço e deixe seu comentário para nós.

Leia também: QUAIS SÃO OS SINAIS DE QUE UMA EMPRESA ESTÁ PRONTA PARA O ATLANTIC SCALE OUT?

SOBRE O AUTOR

BENÍCIO FILHO

Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP e Filosofia pela Universidade Dom Bosco. Mestre pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação, MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios. Pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, sócio da Core Angels Atlantic (Fundo de Investimento Internacional para Startups). Sócio fundador da Agência Incandescente e sócio fundador da Atlantic Hub e do Conexão Europa Imóveis, ambos em Portugal. Atua como empresário, escritor e pesquisador das áreas de empreendedorismo, mentoring, liderança, inovação e internacionalização. Em dezembro de 2019, lançou o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas”. Em dezembro de 2020 seu segundo “Do Caos ao Recomeço”, e em janeiro de 2022 o último publicado “ Metamorfose Empreendedora”.

Construir conhecimento só é possível quando colocamos o aprendizado em prática. O mundo está cansado de teorias que não melhoram a vida das pessoas. Meus artigos são fruto do que vivo, prático e construo.