AS CINCO VIAS DA EXISTÊNCIA DE DEUS

A reflexão sobre a existência de Deus é algo que remonta aos primórdios da nossa existência. Bastou termos consciência do espiritual enterrando nossos mortos que passamos a querer compreender o que fosse possível.

Grande pensador do mundo, São Tomás de Aquino, (1224 – 1274), em uma das suas obras a Suma Teológica, bem mais além de criar uma grande reflexão sobre a existência de Deus, aprofundou o tema criando consistência em sua argumentação nas chamadas “Cinco Vias da Existência de Deus”

Sendo um material de profundo rigor teológico e filosófico, a Suma Teológica deve ser estudada à luz de reflexões, debates e aprofundamentos. Quero, porém, percorrer aqui duas das cinco vias em que São Tomás estrutura sua defesa da existência de Deus.

Não poderia deixar, porém de dizer quais são as cinco vias. Vamos percorrer duas delas e deixo as demais para sua reflexão e aprofundamento:

  • Via do movimento, primeiro motor;
  • Via da causa eficiente;
  • Via do contingente e do necessário;
  • Via dos graus da perfeição;
  • Via do governo das coisas e da finalidade do ser.

VIA DO MOVIMENTO, PRIMEIRO MOTOR

É possível facilmente perceber o movimento das coisas através de nossos sentidos. Proposicionalmente falando, podemos assim apresentar esta via:

  • No mundo, algumas coisas são movidas.
  • Tudo o que é movido é movido por outro,
  • Não se pode preceder até o infinito nos moventes e movidos.

Logo, é necessário um primeiro motor, que é Deus.

Primeiro, consideremos aqui o movimento como toda e qualquer transformação, mutação ou mudança. Sendo estas mudanças percebidas por nossa sensibilidade. Para Tomás de Aquino a palavra potência significa aquilo que é movido ou aquilo que gera movimento. Nesta lógica, o primeiro movimento que é potência do mundo precisamos admitir que este primeiro motor é Deus.

Leia também: O SAGRADO COMO CENTRO DA NOSSA EXISTÊNCIA

VIA DO CONTINGENTE E DO NECESSÁRIO

Nesta via é defendida a existência de um ser necessário na qual dependem todos os seres contingentes.

  • No mundo, há coisas contingentes que existem, mas poderiam não existir,
  • Mas é preciso que algo seja necessário entre as coisas;
  • Não é possível que se proceda ao infinito nas coisas necessárias; 

Logo, existe um primeiro necessário, que é Deus.

No mundo, podemos constatar as coisas contingentes, pois elas poderiam ser ou não ser ou não existir. Os seres humanos poderiam facilmente estar dentro da categoria dos contingentes. Uma hora existimos e numa outra não mais.

Se toda sorte de coisa é contingente, então em algum momento essas deixarão de existir. Se regredimos ao infinito nas coisas necessárias é impossível, pois será preciso um necessário por si que seja a causa de outros necessários. Essa primeira coisa necessária causadora de outras coisas é Deus.

A reflexão sobre a existência de Deus sempre nos provoca a refletir o que é realmente necessário em nossa existência. Quando olhamos para o que é essencial, nos debruçamos sobre Deus.


SOBRE O AUTOR

Benício Filho

Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC-SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós-graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação e pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atualmente está em processo de conclusão do curso de bacharelado em Filosofia pela universidade Salesiana Dom Bosco.

Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador da Palestras & Conteúdo, sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), sócio-fundador da Agência Incandescente, sócio-fundador do Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal).

Atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio). Além de participar de programas de aceleração, como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros.

Palestrando desde 2016 sobre temas, como: Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência. Já esteve presente em mais de 230 eventos (número atualizado em dezembro de 2020). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas” e em dezembro de 2020 “Do Caos ao Recomeço”.       

Share This