A JORNADA DE UM BRUXO

Há algum tempo descobri que era um bruxo e confesso que fiquei assustado. Entendi o que era sentir antes de falar, amar antes de julgar e acima de tudo ouvir o coração. Era ainda jovem quando esta força do amor inundou o meu ser. Durante alguns anos lutei contra isso, pois como podia ser possível amar tantas pessoas??? Fugi, corri, me escondi, desci para a caverna e também me escondi dentro da minha casa.

Aos poucos fui entendendo que este amor é como o manar do deserto, que quando a grande multidão seguiu Jesus e estando com fome ele, o próprio Deus, fez descer do céu alimento para milhares de pessoas. Era inesgotável este amor, mal compreendido por muitos que queriam escondê-lo para si, mas como tudo que provém do amor era inesgotável.

Quando entendi o meu papel no mundo e reconheci que era apenas um bruxo que em sintonia com a natureza que emanava amor, tudo ficou mais claro. Nada mais de lutar contra a minha natureza e sim apenas vivê-la. Foram ótimos anos vivendo esse amor e criando conexões incríveis, verdadeiras e sinceras.

UMA NOVA PORTA COM O AMOR

Este bruxo literalmente descobriu uma nova porta com esse amor quando encontrou uma bruxa que ainda ensaiava sair da sua caixa. Veja, o bruxo nunca quis ser algo além do amor que emana. Nunca quis trair ou machucar ninguém, mas ele tem consciência que o amor também pode construir novos caminhos e essa construção pode mudar algumas rotas.

Amor mesmo que mal compreendido é amor. Sendo assim, não pode e jamais será motivo de dor. Por vezes abrimos as portas, mas mantemos algumas pontes com jornadas que ainda não foram completamente compreendidas ou em alguns casos ressignificadas.  Esta jornada é nossa e ninguém pode vivê-la por nós.

O bruxo entendeu que em muitas situações uma nova porta aberta, pode nos obrigar a reordenar as demais portas com algum grau de amadurecimento. Com amor, podemos reordená-las, mas não mais vivê-las como antes. Como a água que ao passar em um ponto do rio nunca mais retorna, às vezes esse é o sentimento de mudança de rota.

Leia também: O SAGRADO COMO CENTRO DA NOSSA EXISTÊNCIA

SER BRUXO NÃO É FÁCIL

Nesta jornada como bruxo, muitas foram as alegrias e descobertas. Aquela bruxa saiu da caixa e hoje busca entender como a sua alma pode viver também o que descobriu ser. Posso ajudá-la apenas mostrando o que é esse amor acalentador, acolhedor e companheiro. Que sempre é Ágape e em alguns casos é Eros. Que sabe ser Filia, mas acima de tudo emana sempre o doce do verdadeiro amor.

Ser bruxo não é fácil neste mundo, pois ele perdeu a capacidade de apenas amar. Por isso, é fácil ver o que fazemos com a natureza e com os demais seres que habitam esta terra. Mas tenho certeza de que apenas os bruxos e bruxas podem reconstruir tudo e restabelecer o reino do amor. Sendo assim, continuarei a caminhar como bruxo!

Espero que você leitor, jamais deixe de acreditar no amor que emana de si. Uma vez descoberta a sua natureza, jamais negue quem é.

Estes são os desejos de um bruxo que muito ama a natureza humana.

SOBRE O AUTOR

Benício Filho

Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC-SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós-graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação e pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atualmente está em processo de conclusão do curso de bacharelado em Filosofia pela universidade Salesiana Dom Bosco.

Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador da Palestras & Conteúdo, sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), sócio-fundador da Agência Incandescente, sócio-fundador do Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal).

Atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio). Além de participar de programas de aceleração, como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros.

Palestrando desde 2016 sobre temas, como: Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência. Já esteve presente em mais de 230 eventos (número atualizado em dezembro de 2020). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas” e em dezembro de 2020 “Do Caos ao Recomeço”.

Construir conhecimento só é possível quando colocamos o aprendizado em prática. O mundo está cansado de teorias que não melhoram a vida das pessoas. Meus artigos são fruto do que vivo, prático e construo.

Share This